Plataforma das Artes

A Plataforma das Artes e Criatividade, inaugurada no dia 24 de junho de 2012, em Guimarães, no âmbito da Capital Europeia da Cultura, é um complexo que integra o edifício do antigo Mercado Municipal, da autoria do arquitecto Marques da Silva, e um novo e imponente edifício, de superfícies de latão e de vidro, com 11 mil metros quadrados que acolhe o Centro Internacional das Artes José de Guimarães, e teve um custo a rondar os 17 milhões e 600 mil euros, da autoria do Gabinete Pitágoras.
A Plataforma das Artes e da Criatividade, localizada no centro da cidade vimaranense, é um projecto multifuncional, dedicado à atividade artística, cultural e económico-social. Este equipamento aloja uma série de valências e espaços dedicados a três grandes áreas programáticas: o CIAJG, os Ateliers Emergência e os Laboratórios Criativos.

O Centro Internacional das Artes José de Guimarães, acolhe uma coleção permanente –Coleção José de Guimarães –, uma área de exposições temporárias, espaço(s) polivalente(s) – destinado(s) a atividades complementares de apresentações e pequenos espetáculos – para além de uma série de serviços auxiliares e um parque de estacionamento automóvel. Os Ateliers Emergentes de Apoio à Criatividade são espaços de trabalho vocacionados para jovens criadores que pretendam desenvolver projectos de carácter temporário. A Plataforma das Artes prevê ainda a instalação de um restaurante/cafetaria e de uma livraria. Os Laboratórios Criativos são gabinetes de apoio empresarial destinados ao acolhimento e instalação de indústrias criativas. Este equipamento tem, ainda, uma praça interior do antigo mercado que constitui um espaço público de socialização e vivência comunitária.

publicado about 4 years ago

Sugestões
Kp_conferencia
Conferência de Kenneth Frampton

ver mais

Dibujos
Desenho de Cidade

ver mais

Jia_dia_1_sessao_1
JIA - Santos-Mera Arquitectos

ver mais

Sacess_patricia_ribeiro
Seminário Espaço Público para Todos - Patrícia Ribeiro

ver mais

Patrocinadores
Apoios
Protocolos